Arquivo | Música RSS feed for this section

Eu e a gaita

29 ago

“Olá pessoal!!!! Depois de um bom tempo sem postar nada no ‘Hora do Capuccino’, estou de volta! Hehehe…eu demorei, pq como eu disse em um antigo post aí…vim pra Portugal terminar minha graduação…e como precisei resolver muitas coisas, fiquei sem tempo e sem inspiração pra escrever nada!

Bom, enfim, a inspiração voltou!!! E foi depois que meu companheiro de apê chegou: o cara é gaitista!!! Eu sempre quis aprender esse instrumento, agora tenho quem me ensinar por 6 meses!!! Amanhã mesmo entrarei na minha saga em busca da violinha perfeita e COM CERTEZA uma gaita será parte da lista de compras! Vou aproveitar o post, pra falar um pouco mais sobre esse instrumento sensacional.

A gaita é um dos insrumentos mais antigos do mundo. Os gregos, romanos e alguns povos gemânicos já as faziam com pele de cabra, e até por isso ela tem esse nome, pois para os germânicos ‘gaits’ significava ‘cabra’. Mas só em 1857 um relojoeiro alemão, Matthias Hohner, criou um instrumento chamado ‘harpa de boca’ que ficou muito famoso na Europa, por conta das músicas folclóricas; e nos EUA, devido ao country. No século XX, ocorreu a popularização da gaita com a participação dela no blues, jazz, folk music, rock n’roll e até na música clássica. HOje em dia podemos encontrar os seguintes gêneros: diatônica ou gaita de blues, cromática com chave, tremolo, em oitava e de acordes. Entre as marcas mais conhecidas estão: Hering e Bends no Brasil, Hohner e Seydel na Alemanha, a Susuki no Japão e Lee Oskar nos EUA.

Segue um exemplo de como a gaita foi usada em muitas composições famosas, entre elas, no rock n’roll:

Até a próxima!

por Vemado

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: